Diário de Winston Smith << Duplipensar.net

Diário de Winston Smith
Winston Smith é o protagonista da obra-prima de George Orwell, 1984. Num mundo em que os todos são vigiados permanentemente através da tecnologia, Winston compra um simples bloco de papel para registrar seus pensamentos


  Diário de Winston Smith, o blog do Duplipensar.net

O presente é o passado
A absoluta reconquista mexicana
George Orwell é o segundo melhor escritor britânic...
Jogador muda de nome para a Copa do Mundo de Rugby...
Corra que a polícia vem aí!
Bebê fica famoso na web antes de nascer
O Grande Irmão Chávez usa a tragédia do Peru para ...
Governo português, CIA, FBI e Vaticano alteram a ...
Decida pelo terceiro mandato de Lula
Curiosidades incovenientes do Pan
O Ministério da Verdade informa os próximos passos...


O passado é o presente
06.2004
07.2004
08.2004
09.2004
10.2004
11.2004
12.2004
01.2005
02.2005
03.2005
04.2005
05.2005
06.2005
07.2005
08.2005
09.2005
10.2005
11.2005
12.2005
01.2006
02.2006
03.2006
04.2006
05.2006
06.2006
07.2006
08.2006
09.2006
10.2006
11.2006
12.2006
01.2007
02.2007
03.2007
04.2007
06.2007
07.2007
08.2007
09.2007
02.2008
04.2008

Página Atual

 



A culpa é do morto II

Um pedreiro morreu ao cair do telhado no Clube de Regatas do Flamengo em 22 de março.

Jair Garcia do Nascimento tinha 54 anos e trabalhava no Flamengo havia 15 anos. Testemunhas afirmam que ele não utilizava os equipamentos obrigatórios durante o serviço.

O sujeito trabalha 15 anos no clube, provavelmente todo este tempo sem usar os equipamentos de segurança e a impressão que fica é que ele é o único culpado. Uma fatalidade.

O acidente aconteceu porque Nascimento tirou o cinto de segurança quando ia alcançar uma telha e perdeu o equilíbrio.

As despesas do funeral e o sepultamento foram prometidos à família da vítima pelo clube e o caso em breve estará no buraco da memória.




O atestado médico de Palocci

Diz a lenda que um famoso árbitro de futebol expulsou um jogador de forma inusitada.

O atacante do time que estava vencendo a partida era o centro das atenções. Ele gemia feito um bezerro e estava estirado no gramado por vários segundos após uma falta. Talvez fosse cera ou então a entrada do beque fora violenta mesmo.

- Chamem a Maca! Corre daqui, corre dali e o jogador berrando feito louco. O juiz ficou até preocupado com o seu estado.

Aí vem a surpresa. Depois de vários minutos com o jogo parado por sua causa, o jogador volta a campo repentinamente, todo serelepe, numa ?sprint? de fazer inveja a muito maratonista.

O juiz viu que a encenação era armação e expulsou o jogador.

Bem que este exemplo poderia se aplicar a esta notícia.




O Grande Irmão chinês contra o VoIP

O governo da China decidiu que não abrirá nenhuma licença de VoIP (Voz sobre IP) até 2008, pelo menos.

Isto significa uma restrição numa tendência mundial. As ligações através do protocolos de internet estão mudando a forma de comunicação rapidamente, principalmente entre os mais jovens. O governo chinês, receoso com qualquer crítica a sua ditadura controla rígidamente os acessos à Internet. Resultado: os chineses não poderão fazer ligações de computadores para telefones convencionais até 2008, segundo o CEO da Tom Online, portal chinês que tem joint venture com a Skype, a marca mais famosa em VoIP.

O discurso oficial é proteger as operadoras de telefonia chinesas contra o SkypeOut, produto que seria lançado se o governo chinês permitisse. Entretanto, teme-se que dois sejam suficientes para o Grande Irmão chinês reforçar a vigilância neste novo tipo de comunicação.

Mas... sempre existe um Goldstein.




Big Pobre Brasil

Até que enfim terminou a sexta edição do Big Brother Brasil.

O reality show é uma forma esgotada, além de ser um programa apeletivo. Neste edição se tornou um dos programas assistencialistas ou jogo de "azar" num país que o jogo é proibido.

Muitos sonham semanalmente com os milhões da Mega-Sena, muitos sonham o que fariam com o milhão a cada edição do Big Brother Brasil.

Venceu a baiana Mara, a mais necessitada, a que entrou via sorteio venceu o prêmio de um milhão de reais na gincana televisa.

A Globo insistiu em dizer quem mais merecia. Está claro no imaginário popular que quem mais merece é quem menos tem, mesmo que esta pessoa possua desvio de caráter. O que explica os altos índices de popularidade do atual presidente, com chances reais de se reeleger. Lula merece ser presidente assim como a baiana mereceu ganhar o prêmio.

O fato é que a definição do vencedor lembra os instrumentos do Ministério da Verdade, de 1984, livro o qual o programa originário da Holanda se inspirou. Contrariando as enquetes que apontavam outros vencedores, a manipulação da edição foi visível, assim como a santificação de Lula. Ele não sabia de nada, o que o torna inocente.

Ruim com elle, pior sem elle. Assim pensa o setor financeiro, que nunca lucrou tanto quanto na dobradinha FHC-Lulla.

O BBB virou BPB (Big Pobre Brasil), uma espécie de bolsa-família televisa. No Brasil ser pobre é virtude e ter sucesso é sinônimo de pecado. Alguém lembra que José Serra insistindo em 2002 que era filho de fruteiro. Enquanto Lulla prometia que levaria o povo ao poder?

A glorificação da pobreza se deu em grande estilo na final do BBB6. Zeca Pagodinho cantou o hino da mediocridade, inércia e apatia "Deixa a vida me levar...". Faltou apenas aquele funkeiro para cantar "Eu só quero é ser feliz e viver tranqüilamente na favela que nasci..."

Enquanto isso as Maras de todo o país acordaram sonhando com a possibilidade de estar no lugar de alguém com a sua cara. Sonharam com a esperança projetada pelo tubo de imagem, da mesma forma que os Luíses discursaram para platéias imaginárias no dia primeiro de janeiro de 2003.

Os netos dos seus netos dos seus netos dirão que o Brasil é o país do futuro.




Astronauta no espaço, tecnologia descendo a ladeira. Que país é esse?

Fato 1 - Pham Tuan foi o primeiro vietnamita a chegar a órbita terrestre. Isto aconteceu em 1980. Salman al-Saud foi o primeiro astronauta saudita. Foi ao espaço há 20 anos. Síria levou um homem ao espaço em 1987 e o Afeganistão no ano seguinte, quase 18 anos na frente do Brasil.

Fato 2 - O primeiro brasileiro a ir ao espaço, o tenente-coronel Marcos Pontes, será garoto propaganda do Banco do Brasil. É uma permuta. O banco paga o seguro de acidentes pessoais individual de R$ 2,5 milhões e Marcos Pontes emprestará a sua credibilidade ao banco e ao governo federal. Melhor seria se o banco fosse a Caixa Econômica.

Fato 3 - Hoje o Fórum Econômico Mundial divulgou seu novo ranking de nações mais competitivas em sistemas de tecnologia da informação e de comunicações. O Brasil, a nova "potência" mundial, caiu seis posições no ranking e agora ocupa a 52º posição, atrás de "potências" como Bahrein, Tunísia, Ilhas Maurício e Catar.

Veja o ranking do Fórum Econômico Mundial das nações mais competitivas em sistemas de tecnologia da informação e de comunicações (formato PDF).

Compare com a lista dos países que enviaram astronautas ao espaço. E mais no especial Brasil no Espaço do DUPLI.




Morrendo pela boca

"Como é possível uma economia que está no céu e um ministro da Fazenda que está no inferno? (...) Alguns não têm limites entre investigar o que é justo e o que é perseguir."

Mas a quebra de sigilo telefônico de Buratti, feita pela CPI dos Bingos mostra que ele fez diversas ligações para Palocci ainda em 2004, quando este já era ministro. Mesmo assim, Palocci nega ter conversado com Buratti


Antonio Palloci, Ministro da Fazendo do Governo Luís Inácio "Lula" da Silva até o momento desta publicação.




A vergonhosa dança da deputada petista

A dança da deputada petista

Logo após a absolvição da cassação do deputado João Magno (PT-MG), suspeito de ter recebido R$ 476 mil do esquema de corrupção, a deputada Angela Moraes Guadagnin começou a dançar no plenário.

A comemoração foi uma demonstração de escárnio com a opinião pública e certeza de impunidade. Uma cena indigna do posto de representante do povo, médica pediatra e ex-prefeita de São José dos Campos.

Veja vídeo da dança da deputada petista. Clique com o botão direito do mouse e escolha a opção [salvar destino como...].

Envie sua indignação para a deputada através do e-mail dep.angelaguadagnin@camara.gov.br.

Apóie também a proposta de emenda à Constituição que acaba com o voto secreto nas cassações de parlamentares. Até agora apenas três dos 19 deputados do mensalão foram cassados. Entre em contato com a Câmara dos Deputados em repúdio ao deboche.




Uma mão lava a outra II

Ontem o Plenário da Câmara livrou o deputado Wanderval Santos (PL-SP). Ontem o Plenário da Câmara livrou o deputado João Magno (PT-MG).

Texto repetitivo. Resultado repetitivo. A votação foi secreta.

Santos teve 179 caros amigos, Luizinho 207. Números bem próximos que ressaltam as suspeitas de um acordão entre os partidos. Mais uma vez a câmara vota contra as indicações do conselho de ética. Juntos os dois são acusados de receber mais de R$ 570 mil das contas do valerioduto.

A suspeita do acordão está cada vez mais forte.

Reação popular? Ontem foram realizados 13 jogos da Copa do Brasil, rodada da Libertadores e campeonatos estaduais...

Você já leu uma postagem quase idêntica. Você já viu esse filme. O melhor do Brasil...




Pegando Lula para Cristo

"Eu queria só dar um intervalo aqui, porque quando esse menino veio aqui gritar, o que ele queria era exatamente isso, era chamar a atenção para que imprensa pudesse... Mas é assim no Brasil inteiro, o que nós precisamos compreender apenas é que democracia é isso. Poderia ser mais civilizada, mas democracia é isso. Mas, de qualquer forma, eu fico sempre imaginando que se Jesus Cristo, que era Jesus Cristo, em uma mesa de 12 pessoas teve um traidor, vocês imaginem um governante."

Discurso do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na cerimônia alusiva às obras de ampliação e melhoramento da infra-estrutura portuária de Itajaí.

E a pergunta persiste: Quem traiu quem?




Fim do sigilo bancário

Caseiro viu o ministro contando dólares em casa alugada cercada por prostitutas. A oposição quer tirar o tema sexo pois entende que prostituição não é crime. Sigilo bancário do caseiro é quebrado ilegalmente. Caseiro recebe R$ 25 mil na conta. Situação acusa oposição. O Partido dos Trabalhadores cala um trabalhador. Presidente ex-operário tem milhares de reais em sua conta. Oposição idem. Juízes bloqueiam a justiça. Todos têm um "3 em 1". Todos têm medo. Se a justiça é para todos para que(m) serve o sigilo bancário?




Nova bandeira da Venezuela: reescrevendo o passado




Há poucos dias o parlamento venezuelano aprovou mudanças nos símbolos nacionais de 200 anos. O novo brasão e bandeira da Venezuela dividem o país.

A mudança no brasão é política e vai gerar gastos desnecessários. Haverá um período de transição de cinco anos para que selos, carimbos, escolas, departamentos do governo e inúmeros outros estabelecimentos troquem o pavilhão.

O cavalo tradicionalmente voltado à direita mudará de posição. Chávez disse que o cavalo branco foi libertado. Agora o animal está à esquerda.

Foi incluída também uma oitava estrela para representar a região de Guayana. O pior é que a oposição ameaça usar uma estrela e a situação outra.

O governo apela pelo clamor da população em ter uma bandeira que represente o espírito bolivariano no site oficial.

Caso típico de quem acha que a história do país começa ao mesmo tempo de seu mandato. Aqui no país do futuro do pretérito tentaram incluir uma estrela nos jardins e mudar a frase na bandeira para "amor, paz e progresso".

É incrível como ainda não foi sugerida a troca da cor das estrelas para vermelho.

Quem sabe no ano que vem a escola de samba campeã use uma bandeira de oito estrelas?




O Brasil é o país do futuro... do pretérito

Deputados suspeitos absolvidos, suspeitas de acordão, poucos pagam o pato (Roberto Jefferson, José Dirceu e Pedro Corrêa pegos para Cristo), exército com armas roubadas no Rio, caseiro viu e depois não viu Palocci contando dinheiro, Duda Mendonça ri da cara e todos, Justiça que colocar estupradores e assassinos soltos na rua e o presidente escreve cartas imaginárias ao Ronaldo "Fenômeno de Marketing".




Caso Milosevic. A culpa é sempre do morto!

Quando algo dá errado sempre é mais fácil culpar o morto por uma tragédia.

O ex-ditador Slobodan Milosevic foi encontrado morto no sábado passado enquanto aguardava o final de seu julgamento por crimes de guerra, genocídio e crimes contra a humanidade.

Milosevic perdeu as guerras que esfacelaram a Iugoslávia. Milosevic nunca foi santo. Ele era um desconhecido quando virou celebridade ao defender os sérvios em Kosovo. Logo, tomou o poder. Foi o responsável por faxinas étnicas, mas não foi o único na guerra que envolveu croatas, bósnios e sérvios.

Geralmente os vencedores não enfrentam os tribunais como em Nurembergue. Após a Segunda Guerra, criminosos de guerra britânicos, soviéticos e estadunidenses foram poupados.

Milosevic tinha 64 anos e sofria de problemas cardíacos e pressão alta. Os exames de sua morte determinaram que o ex-ditador iugoslavo morreu porque tomou remédios errados.

A culpa é do perdedor. A culpa sempre é do morto.

Milosevic se medicou errado ou trocaram o seu medicamento? Se foi um assassinato quem foram os culpados? Inimigos ou aliados? Tem gente que vale mais morto do que vivo. Um cadáver não acusa e nem dedura.

O governo russo confirmou ter recebido uma carta de Milosevic com queixas sobre os medicamentos, o que não tira a culpa ou conivência dos russos no caso.

Sobre os julgamentos dos perdedores de guerra vale a pena ler dois artigos do DUPLI.

O Processo. Uma comparação da obra-prima de Franz Kafka com o julgamento de Slobodan Milosevic

Inimigo Público Número 1




A identificação dos Bichos



Desde o final de 2005 o estado do Colorado testa o uso de etiquetas de radiofreqüência, conhecidas como RFID (Radio Frequency Identification), para proteger os alces de doenças contagiosas.

Neste mês serão usadas RFID passivas, em abril será a vez das etiquetas ativas. A diferença entre as etiquetas está não só no alcance, mas no envio e recepção dos sinais. As etiquetas ativas aumentarão o poder de rastreamento dos alces, porque elas podem enviar sinais em intervalos determinados, já as passivas só enviam sinais quando são submetidas à leitura.

O Colorado quer identificar os animais doentes e isolá-los dos demais. O projeto atende as especificações do NAIS, sigla em inglês para Sistema Nacional de Identificação de Animais. Este órgão foi criado pelo Departamento de agricultura estadunidense em 2003 e é uma espécie de Instituto Félix Pacheco dos animais nos EUA.

A intenção é boa. O problema é quando alguma mente fértil sugerir este sistema para classificar e identificar os humanos.




Uma mão lava a outra

Ontem o Plenário da Câmara livrou o deputado Roberto Brant (PFL-MG). Ontem o Plenário da Câmara livrou o deputado Professor Luizinho (PT-SP).

Texto repetitivo. Resultado repetitivo. A votação foi secreta.

Brant teve 283 caros amigos, Luizinho 253. Números bem próximos que ressaltam as suspeitas de um acordão entre os partidos. Um é governista, o outro oposicionista. Os dois são acusados de receberem dinheiro do "valerioduto". "Esquerda" e "Direita" respiram aliviados. Afinal, o povão já esqueceu do mensalão e Lula é quase barbada para o segundo mandato.

Reação popular? Ontem foram realizados 17 jogos da Copa do Brasil, rodada da Libertadores e campeonatos estaduais...




Mulher não é mercadoria!



A maior cervejaria do páis veicula uma campanha publicitária em que mulheres são transformadas em mercadorias. Um contra-senso ao avanço das mulheres no cenário mundial. Atualmente, 11 mulheres são chefes de estado. Todos os anos aumenta o número de mulheres nos cargos de comando em empresas. Consumidoras conscientes comemoram o Dia Internacional da Mulher todos os dias.

Você tem o direito de impedir de ser veiculado um anúncio que transforma mulheres em mercadoria. O Conar é uma instituição que fiscaliza a ética da propaganda comercial brasileira.

Envie aqui a sua reclamação ao Conar.




Ajoelhe-se perante o Don Corleone do Dendê

Carlinhos Brown esculhambou o ministro Gilberto Gil durante o carnaval em Salvador. Brown denunciou o "apartheid" que separa os que podem comprar o conforto dos espaços reservados nos blocos e o "resto" da população que sofre na área do vale-tudo. Brown e Gil eram pobres. Brown e Gil são negros. Eles sabem o que é ter que ficar de fora das áreas vips.

Depois, Brown se ajoelhou perante o sinistro. Será que Brown estava arrependido e pediu desculpas para um amigo ou estava com medo de perder espaço no carnaval, rádios e trilhas sonoras de novelas?