A realidade e a fé em Star Wars: história - a Velha República < Fábulas e realidade nas trilogias de Star Wars < Dossiês < Duplipensar.net Português do Brasil  English 
 

 


 


Danilo José Figueiredo - Publicado em 20.10.2003




Publicidade


Neste item do trabalho colocarei o leitor a par da História da saga que George Lucas contou e ainda conta no cinema, bem como de algumas das partes mais importantes da História do Universo de Star Wars.

Cerca de 10 mil anos antes da época em que se ambienta o episódio I, a velocidade da luz foi descoberta pelos humanos, habitantes de um planeta chamado Coruscant. Este planeta se havia unificado em uma só nação sob o controle de um Supremo Chanceler assistido por um Senado; um governo nos moldes daquele aplicado na Roma Republicana.

Estes humanos começaram a se expandir pela galáxia de forma pacífica, levando conhecimento e civilização para as regiões mais remotas e para os planetas mais distantes. Nesse processo, começou a ser aperfeiçoado o conhecimento de uma espécie de religião seguida pelos habitantes daquele planeta: a Força.

A Força seria um campo de energia proveniente de todas as coisas vivas e responsável pela manutenção da existência da Galáxia.

Aprender a controlar a Força poderia ser algo extremamente vantajoso para a liga de planetas que estava se formando com a expansão humana e, dessa forma, começa a surgir a Ordem dos Cavaleiros Jedi; homens com um dom inato para perceber a Força nas coisas e ao seu redor, que recebem treinamento desde crianças para não serem corrompidos pelo poder que têm nas mãos e, dessa forma, ajudarem na manutenção da ordem e da paz. Com o passar dos anos, começam a haver as primeiras dissensões dentro do Conselho Jedi. Alguns passam a defender uma posição mais efetiva daqueles cavaleiros frente à política galática. A maioria dos Jedi é contra tal posição e isso provoca um racha dentro da Ordem. Cavaleiros e Mestres (a Ordem era dividida em três níveis hierárquicos: Aprendizes, ou Padawans; Cavaleiros e Mestres) corrompidos pelos poderes que têm sucumbem à sede de poder e, derrotados, abandonam Coruscant indo se isolar em áreas ainda desconhecidas da galáxia.

Voltar para o Especial Fábulas e realidade nas trilogias de Star Wars »


[+] Envie este artigo para um amigo: