Portugal - Dados e Estatísticas - IDH, PIB, PNG, Crescimento, Bandeira, Hino de Portugal < A Revolução dos Cravos - 25 de abril de 1974 < Dossiês < Duplipensar.net
 

 
Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre Bandeira de Portugal durante 1385 a 1481. Bandeira utilizada nos reinos de João I (1385-1433), Duarte (1433-1438) e Afonso V (1438-1481) História de Portugal - Torre
 




Publicado em 25.04.2004 - Revisado em 13.03.2006




Publicidade


Nome oficial: República Portuguesa
Capital: Lisboa
Idioma: Português e Mirandês
Nacionalidade: Portuguesa
Continente: Europa
Coordenadas: 36º59' a 42º59' N e 6º14' a 9º33' W
População: 10,5 milhões (2004)
População em 2050 (estimativa): 9,0 milhões
Área: 92.389 Km2
Densidade Demográfica: 107 habitantes/Km2
Ponto mais elevado: Ponta do Pico com 2.345m em Açores
Clima: Mediterrâneo ao sul e temperado Oceânico ao Norte
Principais Rios: Tejo, Douro, Minho, Guadiana e Sado
Fuso horário: Continente (UTC+0) / Açores (UTC-1) / Horário de Verão no Continente (UTC+1) / Horário de Verão em Açores (UTC+0)
Domínio na Internet: .pt
Código telefônico: 351
Regime: Parlamentarismo pluripartidário unicameral
Constituição: vigente desde 25.04.1976

Religião: Cristianismo (95% são católicos)
Taxa de analfabetismo - 7,5%
Mortalidade Infantil: 12/1000
Expectativa de vida: 79,6 anos - Mulheres e 72,4 - Homens (2001)

Moeda: Euro (desde 2002), substituiu o Escudo
Produto Nacional Bruto (PNB): US$ 79,5 bilhões (1992)
Renda per Capita: US$ 18.150 (2001)
Inflação: 2,8% (2000)
Dívida Externa: US$ 22,2 bi (1992)
Desemprego: 4,1%

Divisão Política: 18 distritos (Aveiro, Beja, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Viseu e Vila Real ) e 2 regiões autônomas (Açores e Madeira), subdivididos em 308 concelhos e 4257 freguesias.

Bandeira de Portugal

O atual estandarte português tem muitos significados. Suas cores predominantes são o verde que simboliza a esperança e o vermelho da coragem e sangue dos combatentes. A esfera amarela simboliza o mundo conquistado pelos navegantes portugueses. No escudo vermelho encontram-se sete castelos, a soma das fortificações que Dom Afonso Henriques conquistou aos mouros. As cinco quinas azuis também simbolizam a reconquista do território aos mouros. Cada quina representa um rei mouro vencido na batalha de Ourique. Ainda dentro das quinas existe um significado religioso, cada ponto sinaliza as cinco chagas de Cristo.

Hino Nacional de Portugal - A Portuguesa
O atual hino nacional de Portugal substituiu o "Hino da Carta" quando foi declarada a República. A Portuguesa, como é conhecido o hino, foi composta em 1890 por Henrique Lopes de Mendonça (letra) e Alfredo Keil (música) e foi entoada na tentativa frustrada de acabar com a Monarquia em 1891. Ela só foi oficializada vinte anos depois com a proclamação da República.

A Protuguesa
Heróis do mar, nobre povo,
Nação valente, imortal,
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória,
Ó Pátria sente-se a voz
Dos teus egrégios avós,
Que há-de guiar-te à vitoria!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Desfralda a invicta Bandeira,
À luz viva do teu céu!
Brade a Europa à terra inteira:
Portugal não pereceu
Beija o solo teu jucundo
O Oceano, a rugir d'amor,
E teu braço vencedor
Deu mundos novos ao Mundo!

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Saudai o Sol que desponta
Sobre um ridente porvir;
Seja o eco de uma afronta
O sinal do ressurgir.
Raios dessa aurora forte
São como beijos de mãe,
Que nos guardam, nos sustêm,
Contra as injúrias da sorte.

Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar,
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!

Partitura do Hino Nacional de Portugal

Escute o Hino de Portugal em mp3
Hino de Portugal em mp3 - stereo 128 kb
Hino de Portugal em mp3 - mono 16kb

Feriados Nacionais em Portugal
01.01 - Ano Novo
25.04 - Dia da Liberdade - Revolução dos Cravos
01.05 - Dia do Trabalho
10.06 - Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas
15.08 - Ascenção de Nossa Senhora
05.10 - Proclamação da Repúbica
01.11 - Dia de Todos os Santos
01.12 - Restauração da Independência
08.12 - Dia da Imaculada Conceição
25.12 - Natal
Datas móveis - Carnaval, Sexta-Feira Santa, Páscoa e Corpo de Deus (Corpus Christi)

Índice de Desenvolvimento Humano - IDH de Portugal
Portugal está em 23º no Ranking do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). O ranking avalia anualmente de 0 a 1 as condições de vida de seus habitantes em vários aspectos, a avaliação potuguesa em 2003 foi 0.896 enquanto a Noruega, líder do ranking, obteve 0.942. O instituto classifica como bom o nível de vida índices superiores a 0,8. No Ranking mundial Portugal (23º) está muito a frente de suas ex-colônias: o Brasil está em 65º, Cabo Verde em 103º, Angola em 164º, Guiné-Bissau 166º e Moçambique em 170º. Portugal melhora gradualmente o seu índice desde que a avaliação foi instituida, em 1975.

IDH de Portugal em 1975: 0,785
IDH de Portugal em 1980: 0,799
IDH de Portugal em 1985: 0,821
IDH de Portugal em 1990: 0,847
IDH de Portugal em 1995: 0,876
IDH de Portugal em 2001: 0,896

IDH de Portugal em 2005: 0,904 (27º lugar, entre 177 países)

Regiões de Turismo de Portugal Direcção Regional do Turismo dos Açores (Horta)
Direcção Regional do Turismo da Madeira (Funchal)
Região de Turismo do Algarve (Faro)
Região de Turismo do Alto Minho (Viana do Castelo)
Região de Turismo do Alto Tâmega e Barroso (Chaves)
Região de Turismo do Centro (Coimbra)
Região de Turismo da Costa Azul (Setúbal)
Região de Turismo Dão Lafões (Viseu)
Região de Turismo Douro Sul (Lamego)
Região de Turismo de Évora (Évora)
Região de Turismo de Leiria/Fátima (Leiria)
Região de Turismo do Nordeste Transmontano (Bragança)
Região de Turismo do Oeste (Óbidos)
Região de Turismo Planície Dourada (Beja)
Região de Turismo do Ribatejo (Santarém)
Região de Turismo da Rota da Luz (Aveiro)
Região de Turismo de São Mamede (Portalegre)
Região de Turismo da Serra da Estrela (Covilhã)
Região de Turismo da Serra do Marão (Vila Real)
Região de Turismo dos Templários (Floresta Central e Albufeiras) (Tomar)
Região de Turismo do Verde Minho (Braga)

Portugueses famosos
Atores - António Silva | Beatriz Costa | Carmen Miranda | Eugénio Salvador | Joaquim de Almeida | Maria de Medeiros | Vasco Santana | Catarina Furtado | Dalila Carmo.

Arquitetos - Fernando Távora | Álvaro Siza Vieira | Eduardo Souto Moura | Filipe Oliveira Dias | Gonçalo Byrne | Manuel Graça Dias | Manuel Salgado | João Luís Carrilho da Graça | João Santa-Rita | Vitor Figueiredo.

Cientistas - António Damásio, neurocientista | Bento de Jesus Caraça, matemático | Egas Moniz, prémio Nobel de Medicina em 1949, médico (1874-1955) | Garcia da Orta, botânico | Pedro Nunes, astrónomo, matemático e geógrafo.

Esportistas - Carlos Lopes | Fernando Mamede | Rosa Mota | Francis Obikwelu | Araújo, jogador | Artur Jorge, treinador | Artur de Sousa (Pinga) | Barrigana, jogador | Carlos Queiroz, treinador | Cristiano Ronaldo, jogador | Deco | Eusébio da Silva Ferreira | Fernando Chalana | Fernando Couto | Fernando Gomes | Paulo Futre | Jesus Correia | José Maria Pedroto | José Mourinho | José Travassos | Luís Figo | Mário Coluna | Pedro Pauleta | Pinto da Costa | Rui Costa | Vicente | Vítor Baía.

Empresários - Américo Amorim | António Champalimaud | Belmiro de Azevedo | Cupertino de Miranda.

Escritores - Agustina Bessa-Luís | António Lobo Antunes | Aquilino Ribeiro (1885-1963) | Camilo Pessanha (1867-1926) | Camilo Castelo Branco (1825-1890) | Cesário Verde (1855-1886) | Eça de Queiroz (1845-1900) | Eugénio de Andrade (1923-) | Fernando Namora (1919-1989) | Fernando Pessoa (1888-1935) | Florbela Espanca (1894-1930) | Gil Vicente (1465(?)-1536(?)) | Jorge de Sena (1919-1978) | José Régio (1901-1969) | José Saramago, prémio Nobel de Literatura em 1998 | Luís Vaz de Camões (1524-1580) | Manuel da Fonseca (1991-1993) | Manuel Teixeira Gomes (1862-1941) | Mário de Sá Carneiro (1890-1916) | Miguel Torga (1907-1995) | Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2004) | Vergílio Ferreira (1916-1996).

Historiadores - Fernão Lopes.

Músicos - Francisco Lacerda, compositor (1869-1934) | Arminda Correia, cantora (1903-1988) | Amália Rodrigues, fadista (1920-1999) | António Variações, cantor (1944-1984) | Carlos Paredes, guitarrista (1925-2004) | Guilhermina Suggia, violoncelista | Sequeira Costa, pianista | Vianna da Motta, pianista | Zeca Afonso, cantor (1929-1987) | Alfredo Marceneiro, fadista (1891-1982) | Nuno Bettencourt, guitarista.

Navegadores/Exploradores - Bartolomeu Dias, navegador | Diogo Cão, navegador | Duarte Pacheco, navegador | Fernão de Magalhães, navegador | João Gaspar Côrte-Real, navegador | João Gonçalves Zarco, navegador | Pedro Álvares Cabral, navegador | Roberto Ivens, explorador | Vasco da Gama, navegador | Alvaro Cardoso, astronauta.

Papas - Papa João XXI (1210-1277)

Pintores - Amadeo de Souza-Cardoso | Columbano Bordalo Pinheiro | Graça Morais | José de Almada Negreiros | Josefa de Óbidos | Júlio Pomar | Júlio Resende | Maria Helena (Vieira da Silva) | Nuno Gonçalves | Paula Rego.

Políticos - Alberto João Jardim | Álvaro Cunhal | Aníbal Cavaco Silva | António de Oliveira Salazar | António de Spínola | António Vitorino | Carlos Mota Pinto | Diogo Freitas do Amaral | Francisco Lucas Pires | Francisco Pinto Balsemão | Francisco Sá Carneiro | Jorge Sampaio | José Manuel Durão Barroso | José Pacheco Pereira | Óscar Carmona | Marcelo Caetano | Maria de Lourdes Pintasilgo | Mário Soares | Sebastião José de Carvalho e Melo, Marquês de Pombal.

Lista de cidades em Portugal
Abrantes | Agualva-Cacém | Águeda | Albufeira | Alcácer do Sal | Alcobaça | Almada | Almeirim | Alverca do Ribatejo | Amadora | Amarante | Amora | Anadia | Angra do Heroísmo | Aveiro | Barcelos | Barreiro | Beja | Braga | Bragança | Caldas da Rainha | Câmara de Lobos | Caniço | Cantanhe | Cartaxo | Castelo Branco | Chaves | Coimbra | Costa da Caparica | Covilhã | Elvas | Entroncamento | Ermesin | Esmoriz | Espinho | Esposen | Estarreja | Estremoz | Évora | Fafe | Faro | Fátima | Felgueiras | Figueira da Foz | Fiães | Freamun | Funchal | Fundão | Gafanha da Nazaré | Gandra | Gondomar | Gouveia | Guarda | Guimarães | Horta | Ílhavo | Lagoa | Lagos | Lamego | Leiria | Lisboa | Lixa | Loulé | Loures | Lourosa | Macedo de Cavaleiros | Machico | Maia | Mangual | Marco de Canaveses | Marinha Gran | Matosinhos | Mealhada | Meda | Miranda do Douro (Miranda de I Douro) | Mirandela | Montemor-o-Novo | Montijo | Moura | Odivelas | Olhão da Restauração | Oliveira de Azeméis | Oliveira do Bairro | Oliveira do Hospital | Ourém | Ovar | Paços de Ferreira | Paredes | Penafiel | Peniche | Peso da Régua | Pinhel | Pombal | Ponta Delgada | Ponte de Sor | Portalegre | Portimão | Porto |Póvoa de Santa Iria | Póvoa de Varzim | Praia da Vitória | Quarteira | Queluz | Rebordosa | Reguengos de Monsaraz | Ribeira Gran | Rio | Rio Tinto | Sabugal | Sacavém | Santa Comba Dão | Santa Cruz | Santa Maria da Feira | Santana | Santarém | Santiago do Cacém | Santo Tirso | São João da Madeira | São Mamede de Infesta | São Salvador de Lordelo | Seia | Seixal | Serpa | Setúbal | Silves | Sines | Tarouca | Tavira | Tomar | Tondela | Torres Novas | Torres Vedras | Trancoso | Trofa | Valbom | Vale de Cambra | Valongo | Valpaços | Vendas Novas | Viana do Castelo | Vila Baleira (Porto Santo) | Vila do Conde | Vila Franca de Xira | Vila Nova de Famalicão | Vila Nova de Foz Côa | Vila Nova de Gaia | Vila Nova de Santo André | Vila Real | Vila Real de Santo António | Viseu | Vizela.

Leia também:
História de Portugal
Especial A Revolução dos Cravos - 25 de abril de 1974


[+] Envie este artigo para um amigo: